Anchieta terá a 2ª Passeata Cultural LGBTQ+ neste final de semana

today1 de julho de 2019
remove_red_eye388

Em comemoração ao Dia Internacional do Orgulho LGBTQ+, o coletivo cultural “O Outro lado da História” promove no próximo domingo (07) a 2ª Passeata Cultural LGBTQ+ de Anchieta. O evento registrou mais de 400 participantes na primeira edição. Com o tema “SER: Sobre Existir e Resistir”, em 2019 o encontro lembra a trajetória da comunidade e reafirma o movimento de existir e resistir.

A praça do bairro Canta Galo, em Anchieta, será sede para a concentração da passeata, às 14 horas. Logo após, o movimento segue até o centro da cidade, onde haverá apresentações culturais, musicais, de dança e performance.

O objetivo do encontro é mostrar o lado da história de todos aqueles que são de alguma forma excluídos da sociedade, representando resistência e união, para que ninguém fique para trás.

Exaltando sempre profissionais do próprio estado, o encontro traz, entre outros, o cantor Pedro Kimura, a mais nova revelação do cenário pop capixaba. Outras atrações que também prometem agitar o dia são os Djs Wellington Anholetti e Lilian Sales, além do grupo musical Burn Bitches, a cantora Evelyn do Carmo e Karla Carolina.

O evento será apresentado pela dupla Cezar Rocksiqh e Vicky Nascimento. 
“Nós estamos buscando os direitos principais do ser humano: o de ser, estar e de existir. Ocupar as ruas, se impor e ter essa visibilidade e esse lugar de fala é crucial nesse momento. Tem sido uma resistência e luta constante por existência. Estamos vivos e chegando cada vez mais próximos de conquistar tudo que é nosso por direito”, afirmou Rocksiqh.

“Estamos confiantes e ansiosos com a nossa 2° Passeata. O coletivo esse ano foi muito resistente na preparação desse evento, pois 2019 está sendo um ano difícil, passamos por altos e baixos, mas fomos resilientes e conseguimos preparar tudo com muita garra. Esse ano vamos mostrar que nós existimos e resistimos, e que nada irá nos calar, pois somos mais fortes do que pensamos. Ano passado a passeata teve um impacto muito positivo na nossa cidade, e esperamos que esse ano seja melhor ainda”, finalizou Vicky.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*