CACHOEIRO | Mais de 10 mil estudantes participaram de atividades da Bienal Rubem Braga

today27 de maio de 2022
remove_red_eye121

Contação de histórias e oficinas foram levadas a 60 escolas

Conhecimento, diversão e muita alegria. A 8ª Bienal Rubem Braga visitou diversas escolas de Cachoeiro, levando apresentações de cosplayers de personagens de quadrinhos, contação de histórias e oficinas artesanais aos estudantes.

De acordo com a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Semcult), as atividades, realizadas em parceria com a Secretaria Municipal de Educação (Seme), atenderam 60 escolas, alcançando mais de 10 mil alunos, entre segunda (23) e sexta-feira (27).

Nesta sexta, as crianças da escola municipal Luiz Pinheiro, no bairro Coronel Borges, receberam as apresentações da Arena Itinerante Zig Braga.

Voltada para alunos da Educação Infantil, Pré-escola e Ensino Fundamental I da rede municipal de ensino, na atividade, personagens da cultura pop e da literatura infantil brasileira contaram histórias que maravilharam os pequenos.

Com os olhos brilhando e um grande sorriso, Nicolas Oliveira, de sete anos, ficou encantado com o cosplay do Capitão América. “Eu gostei muito que ele veio, porque vejo todos os filmes”, expressou, empolgado.

Já a pequena Kêmile Cristine amou a participação da Cuca, personagem marcante de Monteiro Lobato: “Eu gostei muito da Cuca; eu vejo o desenho do Sítio do Pica-Pau Amarelo todos os dias e gostei que ela veio na minha escola”.

Além desses dois personagens, a ação ainda contou com a participação do Homem-Aranha, Homem de Ferro e do Hulk, aparição que deixou os estudantes mais empolgados. “Foi tudo muito legal! Poderia acontecer mais vezes, gostei muito da história e aprendi bastante coisa”, ressalta a aluna do quinto ano, Maria Oliveira.

“A ideia de trazer a Bienal para dentro das escolas foi maravilhosa, porque este é um evento que apresenta o mundo da literatura, e para os pequenos é muito importante ter esse contato o quanto antes. A literatura infantil é uma grande aliada no ensino-aprendizagem, porque desperta a criatividade, imaginação e é uma forma lúdica de ensinar”, completa a professora Simone Alves Caetano.

Além da Arena Zig Braga, a programação da edição 2022 da Bienal Rubem Braga nas escolas de Cachoeiro incluiu, também, o Espaço Itinerante O Menino e o Tuim, voltado para alunos do Ensino Fundamental II, das redes particular e estadual, com a realização das oficinas Fazendo Arte com a Terra da Cidade e Pedras Encantadas. As atividades são realizadas com a utilização de materiais recicláveis como forma de produção artística, em uma abordagem direcionada, também, à educação ambiental.

City Tour Afetivo Rubem Braga
Outra atração da Bienal voltada para estudantes de Cachoeiro e região, foi o City Tour Afetivo Rubem Braga, que apresentou lugares marcantes na vida do escritor cachoeirense.

Os visitantes conheceram o Centro Operário, a Casa da Memória e o Museu Ferroviário, locais que serviram de inspirações para crônicas de Braga.

“A 8ª Bienal trouxe experiências marcantes e aprendizados importantes, sobretudo, para os estudantes. Cumpriu seu papel junto a esse público, incentivando o exercício da leitura, da imaginação, da criatividade e da busca pelo conhecimento”, expressa a secretária municipal de Cultura e Turismo, Fernanda Martins.

fotos divulgação/PMCI

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*