EF-118: projeto básico vai ser realizado com parceria entre Governo do Estado e Vale

today30 de março de 2022
remove_red_eye150

O Governo do Estado formalizou, nesta quarta-feira (30), uma parceria com a mineradora Vale para a realização do projeto básico da Ferrovia EF-118, no trecho compreendido entre os municípios de Anchieta e Presidente Kennedy. O projeto será concebido pela Vale, que formalizou o termo de doação com o Estado do Espírito Santo. O projeto compreende estudos sobre o traçado da nova ferrovia em um trecho de 88 quilômetros de extensão.

“Temos que buscar uma equação para a realização desse investimento, seja com participação direta do Governo do Estado ou através de incentivos por parte da União. Esse é o ano para buscar o início dessa articulação. Já teremos o projeto executivo sendo elaborado e vamos saber o tamanho do investimento necessário para estender a ferrovia até a divisa com o Rio de Janeiro. Consideramos esse um empreendimento fundamental e temos uma grande expectativa de iniciar logo esse trecho”, comentou o governador, durante a assinatura do termo de doação, realizada no Palácio Anchieta.

Casagrande lembrou que esse debate sobre a extensão da ferrovia até Presidente Kennedy vem ocorrendo há muito tempo. “Esses projetos grandes demoram muito para maturar, mas estamos focados em resolver essa agenda. Temos a expectativa que o Governo Federal encontre um caminho também para a ampliação da BR-262. Me coloquei à disposição para aproveitar a repactuação com a Fundação Renova para que se inclua uma parte da BR-262 dentro do bojo do acordo de Mariana. Temos que ter sintonia com a Vale para melhorar nossa ligação com o centro do Brasil, senão ficaremos isolados”, pontuou.

O secretário de Estado de Inovação e Desenvolvimento, Tyago Hoffmann, ressaltou que esta é uma obra logística de extrema relevância para a economia do Espírito Santo, facilitando a ligação com o Estado do Rio de Janeiro. “Este ramal é mais um passo na realização deste importante investimento, auxiliando na redução de custos logísticos, no aumento da segurança de transporte e na consolidação de novas cadeias produtivas, além do fortalecimento dos arranjos já existentes na região. Esta parceria entre as instâncias pública e privada é um caminho muito eficaz para superarmos este desafio logístico”, ponderou.

“O projeto básico é fundamental para viabilizar investimentos desse porte, tanto na priorização de ações com os órgãos públicos quanto na atração de parceiros e investimentos para sua construção. Com a doação do projeto ao Governo do Estado, seguimos nosso propósito de contribuir para o desenvolvimento do País e dos territórios em que atuamos, sobretudo com infraestrutura logística”, destacou o diretor de Relações Governamentais da Vale, Luiz Ricardo Santiago.

A previsão é de que o trabalho seja concluído e entregue ao Governo do Estado em cerca de um ano.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*