Número de mortes na BR-101 cai 42% no mês de julho

today12 de agosto de 2014
remove_red_eye165

A Eco101, empresa que administra a BR-101 de Mucuri, na Bahia, até Mimoso do Sul, na divisa com o Rio de Janeiro, registrou 11 óbitos em julho de 2014, índice 42% menor do que o registrado no mesmo período de 2013. Durante o mês de julho foram registrados 394 acidentes em todo o trecho sob concessão. Os dados foram levantados entre os dias 01 e 31 de julho.

No ano passado, segundo dados enviados pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) foram registrados 19 acidentes com vítimas fatais, índice 42% maior do que o contabilizado em 2014. Do total de 242 vítimas, 11 pessoas vieram a óbito. O tipo de acidente com maior registro de mortes na rodovia foi de colisão frontal.

“A redução do índice de acidentes na rodovia é uma das metas da Eco101, por isso, trabalhamos constantemente para dar mais segurança para o usuário que trafega nos 476 quilômetros da BR-101”, disse o gerente de operações da Eco101, Valter Henrique Fernandes.

A queda de óbitos na rodovia também está ligada a redução de acidentes registrados pela Concessionária. Em julho de 2014, foram registradas 394 ocorrências em todo o trecho, número 13% menor do que os dados encaminhados pela PRF, de 446 acidentes.

Em junho de 2014 a concessionária instalou mais de 600 novos dispositivos de segurança em oito pontos da BR-101/ES, entre eles sinalização de advertência de curva, placas de velocidade permitida na via, balizadores, tachões e tachas na lateral da pista, além de reforçar os pontos de travessia. O levantamento dos pontos críticos é realizado através de uma parceria firmada entre a Eco 101 e a Polícia Rodoviária Federal.

No mês de julho a concessionária registrou 98 ocorrências de colisão traseira, seguida pela colisão lateral, com 78 eventos registrados no sistema da concessionária. Além dessas, saída de pista (57), queda de moto (37), engavetamento (19) e choque com objeto fixo (16) também aparecem como as principais características dos acidentes que acontecem na rodovia.

Do número total de feridos na rodovia 182 pessoas tiveram ferimentos leves, 42 tiveram ferimentos médios e sete vítimas ficaram em estado grave.

A Eco 101
Durante os 25 anos de concessão, serão investidos R$ 3,2 bilhões. No período de um ano a concessionária investiu mais de R$ 250 milhões na recuperação de todo o trecho. Durante o período dos trabalhos iniciais (compreendido no primeiro ano de concessão) a empresa já utilizou cerca 86 mil toneladas de massa asfáltica para a recuperação do pavimento. Foram recapeados 80 quilômetros seguidos, incluindo o trecho entre os trevos de Viana e Guarapari, na região metropolitana. A Eco101 também realizou o nivelamento da pista com o acostamento em 180 km ao longo do trecho sobre concessão.

Para dar mais segurança à BR-101, foram instaladas mais de 6.000 placas de sinalização (de regulamentação e de advertência), desde indicadores de velocidade a alertas de trechos perigosos, especialmente em curvas e em entroncamentos de trechos urbanos. Além da pintura de faixa central e lateral em 370 quilômetros da rodovia. Em 12 pontos críticos, identificados pela concessionária, já foram instalados dispositivos de segurança como balizadores e reforço da sinalização. Reafirmando o compromisso com a segurança e a trafegabilidade da rodovia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*