Suplentes de deputados do Espírito Santo podem assumir mandatos em 2016

today28 de outubro de 2014
remove_red_eye353

Com as eleições municipais de 2016, deputados federais eleitos como Sérgio Vidigal (Serra), Jorge Silva (São Mateus), Paulo Foletto (Colatina), Max Filho (Vila Velha), Lelo Coimbra (Vitória) e Helder Salomão (Cariacica), podem deixar os cargos na metade do mandato.

Isso para se candidatarem às prefeituras dos seus municípios. Com isso, os suplentes da vez podem assumir. Nesta próxima legislatura, que começa em fevereiro de 2015, ao contrário das anteriores, vários deputados federais eleitos são ex-prefeitos, e podem tentar voltar.


Última esperança
Alguns inclusive já sinalizam Sérgio Vidigal, na Serra, e Paulo Foletto (Colatina). Eles querem comandar os executivos de suas bases. Já a ex-prefeita Norma Ayub (DEM) deve assumir em fevereiro do ano que vem, a vaga do deputado Lelo Coimbra na Câmara Federal.

Lelo vai integrar o secretariado de Paulo Hartung. Com isso passa a ser o primeiro suplente da coligação o ex-prefeito Luiz Paulo (PSDB). Na outra coligação, PT/PDT, a primeira suplente é a deputada Iriny Lopes (PT). Ela assumirá caso o deputado Sérgio Vidigal (PDT) seja eleito prefeito da Serra.


Veja a lista dos reservas
Vandinho Leite (PSB); Norma Ayub (DEM); Luiz Paulo Vellozo Lucas (PSDB); Iriny Lopes (PT); Guerino Balestrassi (PSDB); Camilo Cola (PMDB); Devanir Ferreira (PRB); Capitão Assumção (PRB); Reginaldo Loureiro (DEM); Edival Petri (PSB); Waguinho Ito (PPS).

Fonte Agência Congresso
Foto www.sitebarra.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*