Ministério Público denuncia Prefeito de Itapemirim em ação de improbidade

today21 de outubro de 2014
remove_red_eye270

No último dia 16/10 o MP da Comarca de Itapemirim ajuizou ação de Improbidade Administrativa contra o Prefeito Luciano de Paiva. Refere-se a denúncia de irregularidades na contratação de um caderno especial veiculado em A tribuna como informe publicitário, no valor de R$ 200.000,00. Segundo o MP, o contrato teria sido realizado por inexigibilidade de licitação, o que é proibido por lei neste caso.

Na ação, o Promotor pede o bloqueio imediato dos bens do Prefeito, para garantir o ressarcimento do valor ao erário bem como, suspensão dos direitos políticos, e demais sanções aplicáveis com base na lei dos crimes de improbidade.

Luciano Paiva vem sendo acusado de corrupção desde setembro de 2013, já passou por duas Comissões Processantes, uma ainda não conclusa, e recentemente teve o sobrinho, esposo da Secretária de Esportes, preso pela Polícia Federal no dia das eleições portando quase R$ 200.000,00 em espécie e farto material de campanha.

Caso a justiça acolha a ação e assim o entenda, o magistrado que cuidará da ação, podem vir à tona todas as demais denúncias que pesam contra Paiva, culminando em seu afastamento.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*