Vila Velha usa câmeras para flagrar responsáveis por descarte irregular de lixo

today9 de dezembro de 2019
remove_red_eye168

A Prefeitura de Vila Velha está usando da tecnologia para autuar infratores por descarte irregular de lixo e resíduos (entulhos) em vias e áreas públicas. Nos últimos dois meses, os fiscais de Posturas lavraram 15 autos de infração de flagrantes captados pelas câmeras da Central de Videomonitoramento. O município gasta, por ano, aproximadamente R$ 6 milhões para limpeza de pontos viciados de lixo em diversas regiões da cidade.

Cada autuação por descarte irregular dos resíduos pode chegar a R$ 3.298,40, de acordo com o Código Municipal de Limpeza Urbana. Depois de monitorar a irregularidade, os agentes da Central de Videomonitoramento identificam com imagens as placas dos veículos envolvidos. Depois disso, os fiscais de Posturas são imediatamente acionados para lavrarem as autuações.

“As câmeras de segurança são excelentes instrumentos para inibir essa pratica irregular do descarte de lixo em locais indevidos”, explicou o secretário de Defesa Social e Trânsito, cel. Oberacy Emmerich. Segundo ele, através delas é possível fazer a gestão da cidade nos mais variados aspectos, incluindo a segurança e o trânsito.

De acordo com o coordenador de Posturas da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos, Edmar Barbosa Júnior, a população também pode denunciar enviando à Prefeitura registros de flagrantes feitos por meio de imagens fotográficas ou de vídeos. “Através da placa do veículo é possível chegar ao infrator para que ele seja punido”, concluiu.

A população deve colaborar com a limpeza da cidade colocando seu lixo para recolhimento somente próximo dos horários de coleta na sua região. Vale lembrar que o município oferece o Deixe Aqui, local destinado para recolhimento de pequenos resíduos, galhos, restos de móveis, dentre outros, localizado no bairro Divino Espírito Santo.

Por Paulo Borges Filho e Vandique Magalhães
Foto: Felix Falcão      

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*