Atleta capixaba conquista medalha em mundial de Kickboxing, na Itália

today16 de setembro de 2014
remove_red_eye188

A atleta colatinense Meiry Ellenn de Souza Porto conquistou a medalha de bronze no Campeonato Mundial Juniores e Cadetes WAKO 2014, na Itália, considerado o maior evento de kickboxing amador do planeta.

Uma delegação composta por 13 atletas, sendo seis capixabas, esteve presente no evento, que aconteceu entre os dias 06 e 14 de setembro, na cidade de Rimini.

O torneio contou com a participação de 2.120 atletas de 105 países, inclusive a delegação brasileira. O Espírito Santo contou com seis atletas, três técnicos, entre eles Genivaldo Porto (Portinho), pai de Meiry, que acumula em seu currículo cinco títulos mundiais, quatro títulos pan-americanos e quatro sul-americanos, além de outros títulos estaduais e regionais, a maioria deles pela categoria 57 kg.

Para completar a delegação, a árbitra capixaba Demervania de Souza, mãe de Meiry, arbitrou no torneio. Demervania foi a primeira árbitra brasileira a ser convocada para atuar em um mundial de kickboxing WAKO.

Além de arbitrar, Demervania foi torcer pela filha. “Foi muito bom ver a Meiry Ellen conquistar a medalha de bronze nesse mundial. Faço parte das diretorias estadual e nacional do kickboxing e já arbitrei em pan-americano. Então foi muito gratificante poder ser chamada para arbitrar no meu primeiro mundial”, comentou.

A secretária Lilian Siqueira recebeu na Sesport a atleta junto com a sua mãe. “Fiquei muito feliz em receber mãe e filha aqui na secretaria. Meiry é uma garota jovem que ainda tem um futuro maravilhoso pela frente. Esse foi o primeiro de muitos mundiais que vai conquistar. As conquistas dos nossos atletas mostra que o trabalho realizado no esporte capixaba está dando um ótimo resultado”, conclui a secretária.

A delegação brasileira conseguiu quatro medalhas: uma medalha de prata, conquistada por Miguel Jacob, do Rio de Janeiro, e três medalhas de bronze, com Meiry Ellenn de Souza Porto, do Espírito Santo, Mariana Teixeira, do Paraná, e Jhonatan Teodoro, de São Paulo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*