Clientes da EDP poderão negociar débitos sem sair de casa

today29 de outubro de 2014
remove_red_eye184

Por meio da internet, os clientes poderão negociar e obter facilidades de pagamento.

 

Entre os dias 04 e 14 de novembro, os clientes da EDP, distribuidora de energia elétrica do Espírito Santo, terão a oportunidade de negociar débitos por meio da internet, ou seja, sem precisar sair de casa. Isso porque a Distribuidora participará do Feirão Limpa Nome Online, que tem iniciativa da Serasa Experian.

Os consumidores encontrarão facilidades no pagamento, por meio de uma negociação personalizada, com juros reduzidos do parcelamento e prazo ampliado para o acerto dos valores devidos. As vantagens serão oferecidas para clientes residenciais, comércio e indústrias.

Para negociar com a EDP, será necessário se cadastrar no site Serasa Consumidor (www.serasaconsumidor.com.br), informando os dados solicitados pelo portal (nome completo, CPF, data de nascimento, número do celular e email de contato). O serviço será gratuito e funcionará 24 horas.

É por meio da inscrição no site e pelo número do CPF utilizado, que a Serasa mostrará a relação das contas em atraso, o nome da empresa e o canal de comunicação para que o consumidor tenha a oportunidade de negociar. Assim, para facilitar ainda mais para o cliente, a EDP recomenda que, no momento de realizar o cadastro na página da internet, o consumidor coloque os dados do titular da fatura de energia.

Ao clicar no nome da EDP, o cliente encontrará um email exclusivo para realizar uma negociação personalizada – [email protected] -, a partir de então, bastará o envio de uma mensagem informando o Número da Instalação e o CPF do titular da fatura de energia.

“A iniciativa da EDP de participar do Feirão vai além de possibilitar aos clientes um espaço destinado para a negociação de débitos. Trata-se de um importante instrumento de inclusão social e cidadania que proporciona a recuperação dos clientes que estão fora do sistema da Distribuidora, tais como os desligados e os ligados clandestinamente, os populares ‘gatos’, que prejudicam a todos os cidadãos e, além de ser crime, é prática perigosa, que pode colocar em risco a vida das pessoas”, destaca o gestor Executivo da EDP, Marcos Penna.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*