Pacientes do SUS poderão fazer exame de ressonância magnética com mais rapidez

today3 de junho de 2019
remove_red_eye57

Pacientes que utilizam o Sistema Único de Saúde (SUS) da Grande Vitória e do interior, terão mais facilidade para fazer exames de ressonância magnética a partir de julho. É que o Hospital Evangélico de Vila Velha vai oferecer o serviço, uma vez que adquiriu o equipamento, no valor de R$ 4 milhões, após articulação da senadora Rose de Freitas (PODE-ES) junto ao Ministério da Saúde. O equipamento está em fase final de instalação.

A máquina tem capacidade para realizar mais de mil exames mensais, de modo a identificar, por exemplo, câncer, fraturas e até infecções. Diretor clínico do Hospital Evangélico, o médico Rodrigo Tristão, detalha a eficiência da ressonância para detectar doenças ainda na fase de desenvolvimento.

“É um método de diagnóstico que produz imagens detalhadas dos diferentes órgãos e sistemas do corpo humano. Em muitos casos pode identificar e caracterizar anomalias com maior probabilidade que outros métodos de imagem, principalmente estruturas encefálicas, órgãos abdominais e pélvicos, e regiões do sistema ósseo muscular”, explicou.

Tristão disse ainda que uma das metas do Hospital Evangélico de Vila Velha é, exatamente, reduzir o tempo de espera de pacientes do SUS por exames de ressonância.

“A gente sabe que existe uma discrepância da oferta desse serviço entre o SUS e a rede privada. E, dessa maneira, a gente espera contribuir para a diminuição de espera do exame pelos pacientes do Sistema Único de Saúde”, disse Rose.

A superintendente do Hospital Evangélico de Vila Velha, Sirlene Motta de Carvalho, comemorou a aquisição do equipamento e agradeceu o empenho da senadora Rose.

“Senadora, quero registrar o nosso agradecimento pela importante parceria com o hospital durante vários anos. Queremos destacar seu trabalho aguerrido e determinado”, frisou.  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*