Prefeitura de Vila Velha retomará, em outubro, oficinas presenciais a jovens e adolescentes em vulnerabilidade social

today24 de setembro de 2020
remove_red_eye55

A Prefeitura de Vila Velha desenvolve um trabalho multidisciplinar com mais de 1 mil adolescentes e jovens em seus seis Centros de Referência de Assistência Social (Cras). São ações preventivas, com a realização de oficinas, voltadas a famílias em grande vulnerabilidade social.

As oficinas são de atividades culturais (música e dança, por exemplo) e técnicas, como informática. O trabalho envolve também a integração das famílias.

O trabalho presencial será retomado em outubro, porém, em grupos reduzidos, para evitar aglomerações, seguindo as orientações e protocolos das autoridades de Saúde no trabalho de prevenção ao novo Coronavírus.

“Os pais precisam compreender que tão importante quanto à frequência na escola, é importante a frequência das crianças e adolescentes nos Cras. Nestas Unidades, nossas equipes educam para a vida e para cidadania”, afirma a secretária municipal de Assistência Social, Ana Cláudia Simões.

Em consequência da pandemia do novo Coronavírus, as atividades presenciais (com um número reduzido de assistidos) retornarão em outubro. Mais de 1 mil jovens são contemplados com esse trabalho desenvolvido pela Semas.

Cras de Vila Velha
Morada da Barra
Jabaeté
Centro
Jardim Asteca
Alvorada
Ilha das Flores/Estação Cidadania

Érico Miranda
Assessor de Imprensa da PMVV/Subsecretaria de Comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*