Ração balanceada em Itapemirim ameniza prejuízos causados por estiagem

today21 de outubro de 2014
remove_red_eye129

Apesar do crítico período de estiagem que afeta o município, a produção de leite aumentou, em média, 54% nos últimos cinco meses em Itapemirim. A produção de queijo também obteve aumento significativo, atingindo a média de 18%. O sucesso se deve à distribuição gratuita de ração balanceada que a prefeitura vem ofertando aos produtores que, além de aumentar a produção, melhor, consideravelmente, a qualidade do produto.

O secretário municipal de Agricultura e Desenvolvimento Rural, Luciano Henriques, informou que em abril de 2014 havia 224 pecuaristas que recebiam o farelo. Atualmente, segundo o titular da Pasta, esse número subiu para 254 produtores:

“Em abril nossa produção de leite era de 491 mil litros para a Selita, 49 mil para a Clac e 117 mil quilos de queijo. Em apenas cinco meses aumentamos em 78% a produção do leite somente para a Selita e 30% para a Clac, graças à distribuição gratuita de ração balanceada que o municipio faz aos produtores”.

Henriques ressaltou que a prefeitura, por meio da secretaria de Agricultura, está disponibilizando, entre outras benfeitorias aos produtores rurais, retroescavadeiras para abertura de poços artesianos para saciar a sede de animais, uma vez que a seca tem causado prejuízos, em especial ao gado.

“Em virtude da seca o município vem aplicando diversas ações para ajudar ao produtor. Entre outras, podemos destacar, além da distribuição da ração balanceada e da abertura de poços, a oferta de alimentos alternativos, como silagem de milho e de cana-de-açúcar, para produtores”. Luciano ressalta que com a economia que os produtores vêm fazendo, a partir da distribuição da ração balanceada, a maioria está empregando em suas propriedades, melhorias expressivas, como ampliação de currais, aquisição e reparo de tanque para conservação de leite, entre outros.

Também visando contribuir com melhores condição ao homem do campo, a municipalidade adquiriu 230 tanques de rede e 600 mil alevinos que serão entregues a 70 criadores de peixes.

O secretário finaliza informando que no próximo dia 29 (quarta-feira) haverá licitação para aquisição de calcário para correção do solo que serão distribuídos, gratuitamente, aos produtores rurais em quaisquer atividades, sejam pastagens, lavoura de abacaxi e outras.

Por José Geraldo Oliveira
DRT-ES 2.141/07 JP

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*