Festa marca 10 anos da canonização de São José de Anchieta

today7 de maio de 2024
remove_red_eye230

História  do jesuíta é lembrada nos festejos, que também marca os 490 anos do padroeiro do Brasil

No dia 19 de março de 1534, nasceu José de Anchieta. Homem que viria a se tornar uma das figuras mais importantes da história de nosso país, sendo reconhecido como o Apóstolo e Padroeiro do Brasil. Sua vida foi marcada por uma dedicação incansável no serviço aos povos indígenas, à educação e ao anúncio do Evangelho.

A Festa Nacional de São José de Anchieta, que ocorrerá dos dias 29 de maio a 09 de junho, ganha um significado especial este ano, ao celebrar os 10 anos de sua canonização e os 490 anos de seu nascimento. Esta festividade, como é próprio da vida e obra de São José de Anchieta, unifica as celebrações litúrgicas com ações culturais e históricas.

De acordo com o reitor do Santuário São José de Anchieta, padre Álvaro Negromonte, SJ, a história de São José de Anchieta é um testemunho inspirador de amor ao próximo, despertando desejo nas pessoas de saírem de si mesmas em busca do bem comum. A influência dos jesuítas pode ser percebida na literatura, arquitetura, religião, meio ambiente, entre outros aspectos. Este ano, a presença do Dom João Justino de Medeiros Silva, vice-presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil  (CNBB), potencializa o caráter nacional da Festa.

Durante os dias da festa, os participantes terão a oportunidade de vivenciar uma série de eventos, incluindo apresentações culturais, entrevistas com personalidades que compartilharão suas visões sobre a vida e obra de São José de Anchieta e as populares peregrinações e novenas, que contarão com o apoio e a participação de diferentes comunidades e movimentos. O encerramento, em 09 de junho, dia de São José de Anchieta, contará, ainda, com uma série de eventos e a missa solene, às 16h, no adro do Santuário.

O secretário de Turismo de Anchieta, Caio Mozer, afirmou que o município se sente profundamente agraciado por ter o Santuário, que simboliza não apenas todos os feitos alcançados e as graças realizadas, mas também o patrimônio histórico que desempenha um papel fundamental na história de Anchieta e do Brasil.

Para compreender a importância desta festa para o povo brasileiro, é preciso entrar na história de São José de Anchieta. Ainda muito jovem, Anchieta demonstrou aptidão pelas artes e pelas letras, deixando as Ilhas Canárias (Espanha) onde nasceu para estudar no Colégio de Artes, em Coimbra (Portugal). Nesse período, percebeu a importância da fé em Deus em sua vida. Aos 17 anos, ingressou na Companhia de Jesus e, aos 19 anos, embarcou em missão para o Brasil. Após meses em alto mar, chega a Salvador, em 13 de julho de 1553. Menos de um ano após sua chegada, Anchieta e seus companheiros jesuítas fundaram o Colégio de São Paulo de Piratininga, fortaleceu seus laços com os povos originários e redigiu a “Arte de Gramática da língua mais falada na costa do Brasil”.

Ao longo de sua vida, São José de Anchieta viveu grandes desafios, incluindo uma doença óssea que o acompanhou até seus últimos dias. No entanto, a sua dedicação e o seu compromisso com a missão nunca perderam a força. Em 1579, 25 anos após sua chegada ao Brasil, iniciou uma nova missão jesuíta no aldeamento de Reritiba, atual cidade de Anchieta. Lugar que viveu seus últimos anos de vida e no qual está o Santuário Nacional.

São José de Anchieta faleceu em 09 de junho de 1597, aos 63 anos. Um cortejo indígena o levou de Reritiba a Vitória. No caminho, o corpo de Anchieta caiu e os indígenas disseram “Abá Ubu” – que significa: “padre caiu”. É neste local, na praia de Ubu, dia 25 de maio, que se inicia a primeira peregrinação da Festa Nacional, com a já popular Caminhada Luminosa até o Santuário, em uma procissão repleta de oração e reflexão sobre a vida e o legado de São José de Anchieta.

Seu corpo foi sepultado em Vitória, no Colégio de São Tiago, atual Palácio Anchieta. Sua vida continua a inspirar gerações.

A Festa Nacional de São José de Anchieta é uma realização do Santuário Nacional e dos Jesuítas Brasil, com o apoio da Prefeitura de Anchieta e o Governo do Estado por meio da Secretaria de Turismo.

Programação
25 de maio | 18h – Romaria Luminosa
Saída de Ubu com destino ao Santuário Nacional de São José de Anchieta

29 de maio | 19h – Novena 1
Presença fraterna: Paróquia Nossa Senhora da Assunção, Anchieta

30 de maio | 16h – Corpus Christi Missa no adro do Santuário

31 de maio | 19h – Novena 2
Presença fraterna: Paróquia Santo Antônio de Pádua, Iconha

01 de junho | 19h – Novena 3
Presença fraterna: Paróquia São Francisco Xavier, Iriri

02 de junho | 19h – Recepção dos Passos de Anchieta
Missas: 08h | 10h30 | 13h30 | 19h00

12h – Exibição do Projeto Viva Anchieta
Apresentações culturais no adro do Santuário

03 de junho | 19h – Novena 4
Presença fraterna: Paróquia Nossa Senhora da Conceição, Guarapari

04 de junho | 19h – Novena 5
Presença fraterna: Nossa Senhora da Imaculada Conceição, Piúma

05 de junho | 19h – Novena 6
Presença fraterna: Paróquia São José, Guarapari

06 de junho | 19h – Novena 7
Presença fraterna: Paróquia Nossa Senhora da Imaculada Conceição, Alfredo Chaves

07 de junho | 19h – Novena 8
Presença fraterna: Paróquia Nossa Senhora dos Navegantes, Meaípe

Praia Central
20h – Apresentações culturais: circo, arte e cultura popular
22h – Show com Léo Lima
00h – Show com Bruno e Gaspar

08 de junho – Santuário
16h00 – Peregrinos de Cristo: Caminhada jovem – De Iriri para o Santuário de Anchieta – Presença fraterna: EJCs e Grupos de Jovens
19h | Novena 9 – Encontro de Jovens com Cristo, Anchieta

Praia Central
19h – Apresentações culturais: circo, arte e cultura popular
22h – Show com Ganglex
00h – Show com Reinaldinho

09 de junho – Dia de São José de Anchieta
14h – Exibição do Projeto Viva Anchieta
16h – Missa Solene
17h30 – Show: Dunga

Transmissão diária no canal do youtube @tvsantuariodeanchieta

Local: Santuário Nacional de São José de Anchieta. Praça do Santuário, Centro, Av. Anchieta, 81 – Centro, Anchieta – ES.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*