Prefeituras do Espírito Santo perdem R$ 17 milhões por falta de documentos

today5 de fevereiro de 2015
remove_red_eye113

Sete cidades capixabas atingidas pelas enchentes de 2013 vão perder R$ 17 milhões, juntas, empenhados pelo Ministério da Integração há um ano, porque não entregaram documentos ao ministério, como planos de trabalho e projetos com valores das obras.

Os recursos estão disponibilizados, segundo o ministério, e as prefeituras foram notificadas mas não tomaram providências.

Para o Estado não perder os recursos, o próprio ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, sugeriu transferir os valores para outras 17 cidades capixabas, que também tiveram problemas com as chuvas. A mudança, no entanto, depende de concordância do governo estadual.

A proposta do ministro foi feita durante audiência concedida ao deputado Marcus Vicente (PP).

“Não podemos perder esses recursos. Existem 14 cidades do ES que não foram contempladas com obras de recuperação”, disse Vicente. Durante as enchentes morreram oito pessoas e 46 mil ficaram desabrigadas no Estado.

Cidades que perderam os recursos por falta de documentos
Cariacica, Linhares, Viana, Água Doce do Norte/Ecoporanga/Mantenópolis/Santa Teresa.

Cidades que devem ganhar os recursos
Aracruz
Barra de São Francisco
Bom Jesus do Norte
Cachoeiro do Itapemirim
Conceição da Barra
Fundão
Ibiraçu
Itapemirim
Jerônimo Monteiro
Marataízes
Marechal Floriano
Mimoso do Sul
Presidente Kennedy
São Mateus
Sooretama
Vargem Alta
Vitória

Por Agência Congresso

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*