Empresários discutem como alta de juros nos EUA e eleições no Brasil afetam economia

today16 de março de 2022
remove_red_eye104

Empresários, investidores, executivos e autoridades se reúnem, nesta quinta-feira (17), para discutir como a alta de juros nos Estados Unidos (EUA) e as eleições no Brasil em 2022 afetam o cenário econômico. Esta é mais uma edição da reunião do Grupo Permanente de Acompanhamento Empresarial do Espírito Santo (GPAEES). O evento conta com transmissão ao vivo pelo canal da LCA Consultores no YouTube.

Entre os expositores confirmados estão o diretor de Negócios do Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes), Marcos Kneip Navarro; a economista-chefe da Rosenberg Associados e economista-sênior da LCA Consultores, Thais Zara; e o economista e sócio-diretor da LCA Consultores, Fernando Sampaio.

O representante do Bandes no encontro, Marcos Kneip, destacou que a participação do banco em fóruns empresariais permite à instituição estar próxima das demandas do mercado e oferecer produtos e serviços adequados ao momento econômico.

“A proposta do evento é promover um encontro diversificado, a fim de incentivar o empresário capixaba a se informar e utilizar os dados apresentados como uma ferramenta de atuação em seu planejamento estratégico, além de discutir o cenário econômico nacional e internacional e seus impactos no Estado”, frisou Kneip.

Ainda segundo o diretor de Negócio do banco, cabe ao Bandes, como instituição compromissada com as políticas públicas de desenvolvimento estadual, estar presente em fóruns empresariais e atenta às demandas locais. “O banco tem atuado de forma ativa na promoção de novos investimentos e na disponibilidade de recursos financeiros aos diferentes segmentos econômicos capixabas, com condições adequadas para o fomento da economia”, acrescentou Kneip.

Durante a reunião, Paulo Wanick, presidente do Instituto Brasileiro de Executivo de Finanças (Ibef-ES) e diretor financeiro ArcelorMittal Aços Planos, vai fazer um breve comentário sobre o documento “Desafios e oportunidades para o mercado e ambiente de negócios do Espírito Santo”, elaborado pelo Ibef-ES e entregue ao governador do Estado, Renato Casagrande.

O documento destaca como o Fundo Soberano do Espírito Santo, oriundo dos royalties de petróleo e gás e voltado para o desenvolvimento de longo prazo, poderá servir como alternativa para a diversificação da matriz econômica estadual, propondo novos critérios de governança.

Serviço:
Reunião do Grupo Permanente de Acompanhamento Empresarial do Espírito Santo (GPAEES)
Data: quinta-feira (17)
Horário: 17 horas
Transmissão: link

por Aline Diniz (GPAEES)
com informações da Assessoria de Comunicação do Bandes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*