Espírito Santo é destaque no turismo do país

today26 de setembro de 2014
remove_red_eye321

As exuberantes paisagens naturais, a diversidade de opções de lazer e a variedade de lugares aconchegantes de fácil acesso, seja no litoral ou nas montanhas, fazem do Espírito Santo um destino ideal para ser visitado por famílias, casais, grupos de amigos.

Por promover cada vez mais as belezas desse território, o Espírito Santo tem muito a comemorar neste 27 de setembro, Dia Mundial do Turismo. E o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Espírito Santo (Sebrae ES) comemora junto, pois trabalha constantemente o fomento e o desenvolvimento desse prazeroso setor.

O Espírito Santo é um dos destinos mais procurados por turistas de todo o Brasil, seja por lazer ou a negócios. Os capixabas recepcionam cerca de cinco milhões de pessoas todos os anos, de acordo com dados da Secretaria Estadual de Turismo (Setur).

Com o objetivo de incentivar ainda mais o segmento turístico no Estado, o Sebrae ES disponibiliza mecanismos para melhoria de gestão dos estabelecimentos comerciais e da qualidade dos produtos e serviços ofertados aos visitantes.

A gerente da Unidade de Turismo, Artesanato e Cultura da instituição, Renata Vescovi, ressalta o que a instituição vem fazendo em prol do turismo. “Oferecemos capacitações durante todo o ano para preparar empreendedores que queiram melhorar a sua gestão e os seus serviços e produtos, diferenciando-os e obtendo, por isso, uma preferência dos turistas que os visitam. Além disso, possuímos diversos projetos com o intuito de atender às especificidades de cada segmento, como é o caso do artesanato, bares e restaurantes, hotéis, pousadas, circuitos turísticos, entre outros”, disse.

Os turistas
Quem já teve a oportunidade de viajar pelo Estado reconhece ser impossível resistir às nossas belezas naturais. É o que afirma o casal Giuliana Seraphim e Lucas Gonçalves, que mora em São Paulo. Segundo Giuliana, que tem 26 anos e nasceu em Rio Verde (GO), o Espírito Santo é sempre uma opção de viagem. “Essa é a quinta vez que venho ao Estado e cada vez vivo uma experiência diferente. O que mais me chama a atenção é a organização das unidades de conservação das praias que funcionam dentro de parques, como o Paulo César Vinha. É o tipo de coisa que não se encontra em outros Estados. Além disso, a moqueca é realmente muito boa e a qualidade de vida, de um modo geral, parece ser excelente em relação ao que convivo diariamente”, disse.

Já Lucas Gonçalves, de 27 anos, que foi criado no Vale do Ribeira, interior de São Paulo, veio ao Estado pela primeira vez. Ele provou e aprovou o Espírito Santo. “Em São Paulo não se ouve falar muito do Espírito Santo e me surpreendi com o que encontrei por aqui. A configuração da cidade é diferente de tudo o que já vi pelo eixo sul/sudeste. Essa coisa de praias, florestas e montanhas numa mesma paisagem lembra o Rio de Janeiro, mas a qualidade de vida aqui me parece ser bem melhor. O que mais me chamou a atenção foram os picos de escalada dentro da cidade, como o Morro do Moreno, em Vila Velha. Já liguei para alguns amigos e estamos combinando de vir só para escalar. Outro ponto positivo é que, além de ser tudo muito perto, se gasta pouco ou nada para visitar as atrações”, afirmou.

O que se percebe, por números, incentivos e testemunhos, é que razões para visitar o Espírito Santo não faltam. Do agito extremo ao repouso absoluto, apenas escolha o seu motivo e venha. O único risco que se corre é o de querer ficar para sempre.

Fonte Assessoria de Comunicação Sebrae/ES

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*