Espírito Santo é o único do Brasil com 100% de adesão ao Cidade Empreendedora

today2 de agosto de 2022
remove_red_eye119

O Programa do Sebrae contribui com o setor público municipal ao estimular as atividades produtivas no seu território

O programa Cidade Empreendedora está presente em todos os municípios capixabas, e o Espírito Santo é o único estado do Brasil a conseguir esse feito até o momento. A campanha de apresentação e conscientização a respeito da importância deste programa, focado na melhoria do ambiente de negócios das cidades, teve início no final de 2020 e ganhou efetividade com a adesão dos gestores municipais, especialmente, durante o ano de 2021.

O programa atua potencializando a capacidade do setor público municipal em estimular as atividades produtivas no seu território por meio da formulação de políticas públicas, regulamentações, desburocratização, entre outras ações.

“Fizemos um trabalho incansável, visando um Espírito Santo ainda mais empreendedor. Queremos, através do Cidade Empreendedora, criar condições para induzir o desenvolvimento dos municípios a partir dos pequenos negócios, com políticas públicas e ferramentas que incentivem o empreendedorismo, que é a força motriz da economia”, destaca o superintendente do Sebrae/ES, Pedro Rigo.

O Cidade Empreendedora é realizado pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Espírito Santo (Sebrae/ES), em parceria com a Agência de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas e do Empreendedorismo (Aderes), a Associação dos Municípios do Espírito Santo (Amunes) e o Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes).

Etapas do Programa
Para melhorar o ambiente de negócios das cidades e, assim, contribuir no fomento do empreendedorismo local, o Cidade Empreendedora é dividido em cinco etapas. A primeira é a adesão da Prefeitura, seguida pela constituição da equipe do programa dentro da Administração Pública Municipal. Depois, é realizada a autoavaliação diagnóstica, com a elaboração do plano de ação e, por último, a sua aplicação como uma estratégia de aceleração da gestão pública municipal.

Ações
Das atividades contidas nos planos de ação, merecem destaque a educação empreendedora, a sala do empreendedor, a capacitação de agentes de desenvolvimento e as compras públicas. E para possibilitar o desenvolvimento do plano personalizado para as cidades, o Sebrae/ES oferece aos municípios, durante quatro anos, toda sua expertise para que os prefeitos possam fazer uma gestão empreendedora com ajuda, apoio e subsídio das ações.

“Nós queremos implementar, por meio deste programa, uma cultura empreendedora nos municípios do Espírito Santo. Para isso, o plano de desenvolvimento precisa ter influência e participação de toda a sociedade. Gestores municipais, empresários e população precisam estar alinhados em prol do objetivo de ser uma cidade empreendedora”, pontua Pedro Rigo.

Dessa forma, as cidades são acompanhadas por um consultor e ainda recebem capacitações e consultorias que auxiliam no cumprimento dos dez eixos do programa: Gestão Pública Municipal, Desburocratização, Compras Governamentais, Poder Público como Indutor da Inovação, Inclusão Produtiva, Liderança e Território, Educação Empreendedora, Sala do Empreendedor, Turismo e Crédito.

Confira alguns depoimentos
O município de Anchieta aderiu ao programa Cidade Empreendedora em 2020, e no ano passado, o prefeito Fabrício Petri foi reconhecido na etapa estadual do Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor, levando o 1º lugar da premiação na categoria Cidade Empreendedora.

Segundo ele, “quando incentivamos o empreendedorismo garantimos renda, autonomia e prosperidade aos moradores da nossa cidade e região. Por isso fizemos a adesão ao Programa Cidade Empreendedora, que está alinhado ao nosso Programa socioeconômico Anchieta Criativa e Empreendedora. Por meio dessa adesão nos comprometemos a buscar melhorias para influenciar e fortalecer a performance empreendedora de Anchieta, com respaldo do Sebrae, nosso grande parceiro e incentivador”, destaca Petri.

Vale ressaltar ainda que em abril deste ano, o Sebrae/ES recebeu a visita de representantes do Sebrae/NA, graças ao bom desempenho do estado em relação ao programa Cidade Empreendedora. Em tempo, o gerente do Sebrae/NA, Derly Fialho declarou: “A visita do Sebrae Nacional ao estado é para entender melhor a metodologia aplicada no Espírito Santo para alcançar quase a totalidade de municípios capixabas com o programa Cidade Empreendedora”. Na oportunidade, a equipe capixaba apresentou a operação do programa no Espírito Santo, metodologia e dados capixabas.

Três meses depois, quem também teceu elogios ao desempenho do Cidade Empreendedora no estado foi o diretor de Administração e Finanças do Sebrae Nacional, Eduardo Diogo, durante a participação na Feira do Empreendedor.  “O Espírito Santo é o estado da parceria, e foi esta parceria que vocês fizeram com o Governo do Estado contribuindo juntamente com os municípios, que fez com que o Espírito Santo seja o único estado do país com a cobertura integral do programa Cidade Empreendedora. Vocês estão de parabéns e se tornaram uma referência para todo o Brasil”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*