Estado autoriza obras de reurbanização da Orla de Ubu e infraestrutura em Anchieta

today7 de junho de 2024
remove_red_eye231

O governador do Estado, Renato Casagrande, esteve na manhã desta sexta-feira (07), na cidade de Anchieta, na microrregião Litoral Sul, para a inauguração da obra de drenagem e pavimentação de ruas e avenidas no bairro Guanabara, além do anúncio de novos investimentos no município.

Também foi autorizado o início da reurbanização da Orla de Ubu, da ampliação do sistema de abastecimento de água de Iriri e a construção de uma nova sede da Companhia de Polícia Militar.

“Vamos urbanizar a Praia de Ubu, um local que já é muito frequentado, mas que passará a ter uma estrutura para receber cada vez mais pessoas, potencializando o turismo em Anchieta. Além disso, quando você faz um investimento deste porte na área de saneamento, garantindo a melhoria do abastecimento de Iriri e também do Centro, você melhora a segurança hídrica para os moradores. Também estamos fazendo investimentos em infraestrutura e na segurança pública”, destacou o governador.

Durante a solenidade, Casagrande assinou a Ordem de Serviço para o início das obras de reurbanização da Orla de Ubu com pavimentação e drenagem da Avenida Mário Pereira das Neves, da Rua Manoel Miranda Garcia e da Rua do Trevo. A nova orla vai contar com quase sete mil metros quadrados de calçadão, além de contenção, pavimentação, rede de drenagem e calcada cidadã.

Serão construídos dois módulos de abrigos para salva vidas, guarderia para pescadores e dez quiosques. O valor total da obra é de R$ 23,6 milhões, sendo que o Governo do Estado vai investir R$ 12 milhões e o restante será aportado pelo Município.

“A orla da Praia de Ubu é um dos mais importantes pontos turísticos e históricos do Estado. O projeto prevê a requalificação do calçadão da praia e a instalação de novos equipamentos públicos, mobiliário, apoio aos pescadores, quiosques e módulos salva-vidas. Além disso, o convênio contempla pavimentação e drenagem das principais vias de acesso à praia”, explicou o secretário de Estado de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano, Marcus Vicente.

CONFIRA MAIS PERSPECTIVAS DO PROJETO

Também foi assinada a Ordem de Serviço para a execução das obras de ampliação do Sistema de Abastecimento de Água (SAA) de Iriri, Anchieta, que irá beneficiar 56 mil pessoas. Com investimento de R$ 23 milhões, as obras contam com a construção de uma Estação Elevatória de Água Bruta (EEAB), uma Adutora de Água Bruta (AAB), uma Estação de Tratamento de Água (ETA), e uma Estação Elevatória de Água Tratada (EEAT). O prazo de conclusão é fevereiro de 2026.

O presidente da Companhia Espírito-santense de Saneamento (Cesan), Munir Abud, ressaltou o compromisso da Companhia em garantir o acesso à água de qualidade para todos os capixabas. “Temos a missão de universalizar os serviços de água e esgoto no estado até 2033. Por isso, temos um aporte de obras volumoso. Investir em saneamento  é investir em qualidade de vida, em desenvolvimento, em saúde”, disse.

Mais investimentos
O governador Renato Casagrande autorizou o início da contratação de empresa especializada na elaboração do projeto básico e executivo de engenharia e execução das obras da 10º Companhia Independente da Polícia Militar, em Anchieta. O imóvel deverá ser erguido às margens da Rodovia ES-060 e abrigará setores administrativos e operacionais, numa área total construída de aproximadamente 350 metros quadrados.

As obras serão executadas pelo Departamento de Edificações e de Rodovias do Espírito Santo (DER-ES), com investimento de R$ 3,7 milhões e previsão de conclusão em até 900 dias. A ação faz parte do processo contínuo de melhoria das edificações das unidades da Polícia Militar do Espírito Santo (PMES).

Além disso o Governo do Estado segue trabalhando para garantir mais infraestrutura e qualidade de vida para quem vive no campo. Durante a solenidade foi realizada a entrega de um caminhão Prancha ao Município. O veículo irá auxiliar nas ações agrícolas em Anchieta. O investimento estadual foi de R$ 578 mil, por meio da Secretaria da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag).

foto Hélio Filho/Secom

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*