Governo do ES aciona prefeito de Vitória após acusação de corrupção

today16 de maio de 2022
remove_red_eye119

Após acusação do prefeito de Vitória, Lorenzo Pazolini, sobre suposto caso de corrupção envolvendo representantes do governo estadual, a Procuradoria Geral do Estado solicitou ao Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES) uma apuração das acusações para que ele detalhe os fatos.

De acordo com o ofício enviado ao MPES, o prefeito deve: “apresentar provas do ocorrido, e não o fazendo, ser responsabilizado civil e penalmente pela possível prática de crimes contra a honra”.

O episódio, que foi relatado em um vídeo e publicado nas redes sociais, aconteceu durante solenidade de inauguração da Escola Municipal Padre Guido Ceotto, em Jardim Camburi, onde Pazolini, em seu discurso, diz que: “em determinado momento do ano passado, eu fui convidado a comparecer numa reunião em um Palácio, no Centro da cidade, que leva o nome de uma autoridade cristã, católica, que eu não preciso citar e os senhores sabem de quem estou falando”. Disse ainda que teria sido avisado por “uma autoridade” de que investimentos em Vitória teriam a licitação direcionada para uma empresa específica — cujo nome também não foi citado pelo prefeito.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*