Projeto Arranjos Produtivos chega em Nova Venécia: 2º dia contemplou o cultivo do cacau

today2 de fevereiro de 2024
remove_red_eye182

Estão sendo capacitados agricultores familiares em 23 municípios capixabas em uma iniciativa da Assembleia em parceria com o governo do Estado

Agricultores familiares de Nova Venécia, Águia Branca, Vila Pavão, Boa Esperança, Jaguaré, São Domingos do Norte, e Vila Valério, participaram do segundo dia de campo do projeto Arranjos Produtivos, que nesta sexta-feira, 2 de fevereiro, contemplou o cultivo de Cacau em Nova Venécia. A iniciativa é promovida pela Assembleia Legislativa em parceria com o governo do Espírito Santo e coordenada pela Casa dos Municípios, da própria Assembleia.

“Esse é um trabalho importante que nós estamos realizando, e sempre digo que sozinho ninguém faz nada. Estamos em parceria com o Governo do Estado, Incaper, Sebrae, demais instituições, mas principalmente o homem e a mulher do campo. Além dos nossos técnicos que têm feito chegar conhecimento para essa turma toda, para que eles possam produzir mais e melhor, e com qualidade”, explicou Marcelo Santos, presidente da Assembleia, durante o evento.

Além da troca de experiências, os agricultores presentes participaram de uma palestra técnica, onde foi repassada a teoria necessária para a aula prática, que ocorreu logo após, onde tiveram a oportunidade de treinar o que tinham acabado de aprender, no Patrimônio do Quinze, cedido pelo Primo Damásio para a realização do projeto, e futuramente receberão mudas das plantas para seguirem com sua produção.

“Diferente de uma entrega de mudas, meramente, nós estamos discutindo junto ao pequeno produtor e mostrando para ele alguns exemplos onde tivemos um resultado muito bacana, onde a diversificação de plantios surtiu um bom resultado em uma produção em escala e contínua”, destacou o presidente da Assembleia, deputado Marcelo Santos, para os agricultores presentes.

“Muito bom estarmos avançando nesse projeto, capacitando os produtores que vão implantar esses arranjos produtivos com qualificação, técnicas, equipamentos, mudas e potencializar a agricultura familiar e sustentável”, ressaltou Joelma Costalonga, Secretária da Casa dos Municípios da Assembleia Legislativa.

A próxima etapa do projeto irá trabalhar o cultivo de maracujá, em São Domingos, onde serão ministradas aulas sobre plantio, poda e beneficiamento da produção.

foto Bruno Fritz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*