É na segunda, 07, o preparo da maior moqueca capixaba do planeta

today3 de setembro de 2020
remove_red_eye152

A 4ª Edição do Festival da Moqueca Capixaba será realizada em Castelhanos na próxima segunda, 7 de setembro, feriado da Independência. E este ano acontecerá em um formato diferente – on-line, atendendo às recomendações de distanciamento social das organizações de saúde. Nesse dia será confeccionada a maior moqueca capixaba já feita em panela de barro e todo o processo de preparo será transmitido pela internet por meio de uma live.

Conforme a presidente da Associação Comercial Castelhanos em Ação, Kenia Mota, a melhor e maior moqueca capixaba será preparada pelos chefs locais na maior panela de barro do mundo, confeccionada com exclusividade pelas paneleiras de Goiabeiras, seguindo todas as tradições capixabas.

Uma panela de barro medindo 1,50 m de diâmetro será utilizada para o preparo da moqueca gigante, desafiam os idealizadores do evento. A moqueca será preparada com ingredientes pescados e cultivados no próprio município, segundo os idealizadores do festival.

O preparo será transmitido ao vivo pelas redes sociais do evento e a iguaria será vendida antecipadamente com voucher na modalidade on-line no dia do evento, com serviços de drive-thru, delivery ou  retirada no local.

live do evento será transmitida das 11h às 14h. A programação inclui o preparo da melhor e maior Moqueca Capixaba do Mundo e com acompanhamento musical de DJ’s. Haverá ainda realização de sorteios de brindes e participações de moquequeiros e personalidades capixabas contando histórias muito interessantes da sua relação de amor com o maior ícone da cultura gastronômica do Espírito Santo.

Como já é tradição do Festival, os degustadores que adquirirem a moqueca por R$ 25,00 levarão de lembrança uma panelinha de barro da 4ª edição. Os organizadores estimam comercializar 250 unidades.

O evento será realizado pela Associação Comercial Castelhanos em Ação, com apoio da Secretaria Municipal de Turismo e da Agência de Desenvolvimento Região da Costa e Imigração (Adeturci).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*