ELEIÇÕES 2020 | Veja o resultado do 2º turno nos quatro municípios capixabas

today29 de novembro de 2020
remove_red_eye180

Na disputa do segundo turno para a prefeitura de Vitória, o delegado Pazolini (Republicanos) foi eleito com 58,50% dos votos válidos para administrar a capital capixaba. Ele venceu o ex-prefeito petista João Coser.

Com um total de 102.466 votos, contra 72.684 votos (41,50%), Pazolini vai governar Vitória pelos próximos 4 anos, a partir de 01 de janeiro de 2021. Já o total de votos válidos foi de 175.150 (94,31%), em branco 4.484 (2,41%) e nulos 6.090 (3,28%).

O novo prefeito, de 38 anos, é deputado estadual e foi eleito para seu primeiro mandato em 2018.

A vice de Pazolini, Estéfane da Silva Franca Ferreira, conhecida como Capitã Estéfane, é a primeira mulher a ocupar esse posto em Vitória.

Vila Velha
O vereador Arnaldinho Borgo (Podemos), que está em seu segundo mandato na Câmara Municipal, foi o eleito em Vila Velha com uma vantagem expressiva sobre o prefeito Max Mauro (PSDB) para comandar o município canela-verde nos próximos quatro anos. Seu vice é Dr. Victor Linhalis (Podemos).

Arnaldinho, que é filho do saudoso ex-vereador Arnaldo Borgo e foi a maior voz de oposição na Câmara de Vereadores, teve 138.741 dos votos válidos (69,03%), e Max 62.236 (30,97%).

O prefeito eleito, que já foi Secretário de Assistência Social na administração de Rodney Miranda por dois anos, teve o apoio no segundo turno do prefeito de Viana, Gilson Daniel, e do ex-prefeito Neucimar Fraga, uma vez fora do páreo.

Serra
Quem volta a comandar a cidade da Serra é o deputado federal Sérgio Vidigal (PDT), que venceu Fábio Duarte (Rede) com 111.920 votos válidos (54,90%), contra 91.931 (45,10%).

Foram registrados 203.851 votos válidos (91,35%), branco 8.112 (3,64%) e nulos 11.181 (5,01%).

Vidigal, que é médico, também já foi deputado estadual e federal, e agora terá o seu quarto mandato como prefeito da Serra tendo como vice Thiago Carreiro (PDT).

Cariacica
O policial aposentado e deputado estadual há cinco mandatos consecutivos Euclério Sampaio (DEM) venceu a disputa contra a professora e ex-Secretária de Educação Célia Tavares (PT), após conquistar 95.356 (58,69%) dos votos válidos. Célia teve 67.111 (41,31%).

Euclério, que tem como vice a enfermeira Edna (Avante), prometeu transformar a cidade em um “verdadeiro canteiro de obras” durante esses quatro anos de seu mandato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*