Game | Final Fantasy 14 é o jogo mais lucrativo da franquia, diz diretor

today13 de outubro de 2021
remove_red_eye152

Final Fantasy XIV Online se tornou o jogo mais rentável de toda a franquia, com mais de 24 milhões de jogadores registrados desde seu lançamento, em 2010. A revelação foi feita pelo diretor do game, Naoki Yoshida, durante um evento de prévia da próxima expansão do jogo, Endwalker, que será lançada em 23 de novembro.

“Vocês sabem como as coisas foram difíceis para nós com o Final Fantasy 14 original”, disse Yoshida, lembrando do lançamento conturbado do jogo. “Desde então, conseguimos transformá-lo em um jogo que fornece uma contribuição imensa aos lucros da nossa empresa”.

No início, o MMORPG da Square Enix recebeu muitas críticas negativas e teve pouca adesão do público; por isso, quase teve seus servidores desligados. A guinada só ocorreu em 2013, quando a primeira expansão, Realm Reborn, foi lançada: o jogo foi praticamente reconstruído, com seu mundo original sendo destruído na história.

O número de jogadores vem crescendo desde então: em 2015, eram 4 milhões de usuários registrados. Após o lançamento da segunda expansão, Stormblood, em 2017, o número chegou a 10 milhões. Para o futuro, Yoshida afirma que o estúdio não poupará investimentos para garantir que o game continue um sucesso.

A próxima expansão do jogo, chamada Endwalker, deve concluir a história iniciada em Realm Reborn e trazer novas regiões, classes e lutas; assista ao trailer abaixo (em inglês). Contudo, esse não será o fim do jogo, visto que Yoshida prometeu pelo menos mais 10 anos de conteúdo inédito.

Final Fantasy XIV Online está disponível de graça para PlayStation 4 e PC. A expansão Endwalker, que chega em 23 de novembro, trará upgrade gratuito para o PlayStation 5 e gráficos em 4K. Jogadores podem evoluir personagens até o nível 60; depois, é necessário pagar uma mensalidade, que custa R$ 41,99 na Steam.

fontes: IGN e Canal Tech

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*