Frente parlamentar ouve setor do turismo para ajudar a decidir sobre Pavilhão de Carapina

today17 de março de 2022
remove_red_eye118

O deputado estadual Bruno Lamas, presidente da Frente Parlamentar da Parceria Público-Privada da Assembleia, defende a criação do Centro de Convenções do ES e quer abrir espaço para que os representantes do setor tenham voz na definição do uso do local.

O setor de turismo capixaba tem um encontro marcado amanhã (18), às 10 horas, no Plenário Rui Barbosa, na Assembleia Legislativa. É que a Frente Parlamentar da Parceria Público-Privada, presidida na Casa pelo deputado estadual Bruno Lamas (PSB), tem uma importante tarefa pela frente: ajudar o governo do Estado a decidir o melhor destino para o Parque de Exposições Floriano Varejão, na Serra.

Popularmente conhecido como Parque de Exposições de Carapina ou apenas Pavilhão de Carapina, a área de 108 mil metros quadrados possui três pavilhões (um deles climatizado) e um estacionamento para 1.600 veículos. O local é considerado o principal centro de eventos do Estado e um dos maiores do País.

“Lá, vamos reunir as principais autoridades do segmento do turismo, o Convention & Visitors Bureau, as entidades representativas do setor, dentre outros atores, para buscar contribuições”, declarou Bruno.

A ideia do governo do Estado é licitar, por 30 anos, com a finalidade de modernização, exploração, gestão, planejamento, operação, manutenção e promoção de uma Arena Multiuso, para realização de feiras, exposições, congressos, seminários e shows.

A proposta foi apresentada, no dia 23 fevereiro, durante uma audiência pública on-line realizada pela Secretaria de Estado do Turismo (Setur). Dois dias depois, as empresas interessadas entregaram a documentação para a licitação.

Segundo Bruno, a ação do governo é positiva, mas o segmento do turismo pode e quer contribuir.

“Defendo a criação do Centro de Convenções do Espírito Santo no local, para fortalecer o turismo de negócios. Para o Estado é importante. E, para a Serra, será um presente! O entorno (atividade hoteleira e o turismo) sairá ganhando. O turismo gera muito trabalho, emprego e renda. Vamos ouvir e ver o melhor formato, dando luz às ideias”, declarou o parlamentar.

O turismo gera muito trabalho, emprego e renda. Vamos ouvir e ver o melhor formato, dando luz às ideias”, declarou Bruno.

Para justificar a sua proposta, o parlamentar lembra que o município contribui hoje com 30% do Produto Interno Bruto (PIB) do Estado, com diversas oportunidades de negócios e com um grande potencial de crescimento econômico.

Segundo ele, a construção do Centro de Convenções é uma reivindicação antiga do município, principalmente das pessoas ligadas ao turismo, especificamente da área de eventos e negócios.

“O turismo tem grande importância na economia de uma cidade e é um setor que, se tiver investimento, tem potencial para colaborar com a geração de empregos”, frisou o deputado.

Crédito Assessoria Parlamentar/Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*