Moradores de Porto de Santana conhecem o novo aquaviário

today11 de setembro de 2019
remove_red_eye400

Nesta terça-feira (10) foi realizada em Porto de Santana, Cariacica, a primeira apresentação do novo aquaviário. As reuniões estão sendo organizadas pela Comissão de Infraestrutura da Assembleia Legislativa do Espírito Santo (CoinfraES) em parceria com a Secretaria de Estado de Mobilidade e Infraestrutura (Semobi) e também ocorrerão nos bairros onde terão píeres de embarque e desembarque: Prainha (Vila Velha), Enseada do Suá e Centro (Vitória). 

O projeto de reimplantação do modal e os locais das estações de embarque e desembarque serão apresentadas à população da Grande Vitória com o intuito de debater sua implantação e impactos, além de apresentar modelo de funcionamento.

“É uma honra iniciar essa rodada de apresentações por Cariacica. Primeiro por ser onde eu moro e também por ser uma conquista da CoinfraES, já que, inicialmente, não estava prevista operação deste modal em Porto de Santana. Conversei com o governador Renato Casagrande que repensou o modelo e inseriu nossa cidade no novo aquaviário “, comemorou Marcelo Santos, deputado estadual e presidente da CoinfraES.

Durante sua fala, o deputado destacou que o aquaviário deverá oferecer segurança e conforto ao usuário, que terá mais uma opção de transporte totalmente integrado ao sistema Transcol, oferecendo também integração com bicicletas, ciclovias e o máximo de acessibilidade à pessoas com deficiência.

“O governo do Estado vem renovando todo o sistema de transporte coletivo com wi-fi, ar condicionado e os barcos não poderiam ficar para trás, integrando todo o sistema de transporte na Grande Vitória, com sugestões que reunimos ao longo dos anos através de exemplos que já operam em diferentes pontos do país e no exterior”, finalizou Marcelo Santos.

Utilizando a tecnologia do Bilhete Único, o modelo será integrado ao Sistema Transcol. O edital para a licitação da primeira etapa de instalação do aquaviário foi publicado em julho. A empresa habilitada a elaborar este projeto foi publicada na edição desta terça-feira do Diário Oficial do Estado e terá um prazo de 120 dias para entregar os projetos de construção dos trapiches, as pontes de embarque e desembarque, a partir da assinatura de contrato, que deve ocorrer em até cinco dias. Desativadas desde o final do anos 90, a previsão é que as estações comecem a funcionar em 2020.

“O Estado vai assumir a construção dos píeres e depois contrataremos apenas os barcos para operarem e os recursos da construção já estão garantidos pelo Governador para termos um sistema totalmente integrado com linhas que irão alimentar os terminais do aquaviário através do Bilhete Único Metropolitano”, disse o Secretário da Semobi, Fábio Damasceno.

“O aquaviário já é uma realidade na Grande Vitória e acredito que no ano que vem já esteja em plena operação. Agora precisamos mostrar para a população que fazer a troca de veículos, seja ônibus e barco, de forma integrada vai ser melhor, demonstrando os benefícios no tempo e qualidade no transporte do dia a dia do cidadão”, finalizou o secretário.

Inicialmente, o novo aquaviário irá operar com quatro estações: Porto de Santana (Cariacica), Enseada do Suá e Centro (Vitória), além da Prainha em Vila Velha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*