Mostra de Teatro movimenta Alfredo Chaves

today29 de outubro de 2014
remove_red_eye316

Alfredo Chaves irá abrir as cortinas para a IX Mostra de Teatro Infanto Juvenil de 29 de outubro a 1º de novembro, no salão paroquial da Igreja matriz, no centro da cidade. Serão apresentadas cinco peças, que foram escritas, dirigidas e interpretadas por jovens estudantes.

As histórias criadas pelos próprios alunos, sob direção geral da professora Francisca Mota, relatam também fatos reais vividos pelos moradores da cidade. Preocupação com o meio ambiente, dramas e fatos engraçados são contatos e interpretados de forma divertida pelos adolescentes.

De acordo com Mota, a Mostra é um projeto que vem sendo realizado no município há nove anos e objetiva incentivar a leitura e o gosto pela arte. “Já tivemos peças que foram apresentadas no 6º Festival de Teatro do Estado do Espírito Santo, concorrendo com mais outras 72 peças de diversos estados, lembra.

As apresentações nos dias 31/10 e 01/11 iniciam às 19h30min, já nos demais dias ocorreram pela manhã e a tarde, em horários especiais para atender os alunos das escolas públicas do município.

Os ingressos podem ser comprados na bilheteria do evento e custam R$ 3,00 (nos dias 29 e 30/10 para alunos das escolas públicas) e R$ 5,00 (dias 31/10 e 01/11) para demais público. Nos dias 31 e 1º as sessões teatrais serão abertas com apresentação de ballet, pela Escola de Ballet Vanessa Costa.

Peças que serão apresentadas
Família Brasil; Mansão Mal-Assombrada; Do Outro Lado; Escola da Fama e Mundo da Fantasia.
Informação: Francisca Mota (27) 99711-4436.

Programação
Dias 29 e 30/10 – 08h e 9h30min / 13h30min e 15h – horários especiais para atender as escolas do município – Do Outro Lado / Mansão Mal-Assombrada / O Mundo da Fantasia / Escola da Fama / Família Brasil.

Dia 31/10 – 19h30min – Do Outro Lado / Mansão Mal-Assombrada.

Dia 01/11 – 19h30min- O Mundo da Fantasia / Escola da Fama / Família Brasil.

Valor da entrada: R$ 3,00 (estudantes das escolas públicas do município) R$ 5,00 (população em geral).

Por Dirceu Cetto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*