Petri e Casagrande inauguram e autorizam obras em Anchieta

today30 de junho de 2020
remove_red_eye155

A Prefeitura de Anchieta e o governo do Estado, por meio da Secretaria de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano (Sedurb), inauguraram nesta terça-feira (30), as obras de construção de muro de contenção da maré e pavimentação em rua no bairro Ponta dos Castelhanos. O investimento total foi de R$ 2.180.791,42. Durante a solenidade, que foi virtual, também foi assinada a ordem de serviço para reurbanização da Orla da Praia de Costa Azul, no balneário de Iriri.

A inauguração e a assinatura foram realizadas pelo governador Renato Casagrande, transmitida pelas redes sociais do governo e retransmitida pela  fanpage da Prefeitura de Anchieta. O evento teve a participação da vice-governadora do Estado, Jaqueline Moraes; de secretários de Estado; do prefeito de Anchieta, Fabrício Petri; deputados estaduais; além de vereadores e lideranças do município.

Para o governador Casagrande, as duas obras são importantes para os moradores de Anchieta e também para o turismo local. “Sempre digo que se o morador estiver feliz com o local onde vive, os turistas serão bem recebidos. É mais qualidade de vida para quem mora e mais beleza para quem visita. Por conta da pandemia, a indústria do turismo tem sofrido, mas quando retornar no ‘novo normal’, uma estrutura melhor pode gerar mais atividades e oportunidades. Esse investimento reconhece a importância de Anchieta, que é a nossa capital estadual da moqueca”, destacou.

Conforme o prefeito Fabrício Petri, a obra da Ponta dos Castelhanos já vem favorecendo a população com melhor acesso e impedindo o avanço do mar, que chegava a invadir casas no local. Já sobre a revitalização da orla de Iriri, Petri destacou que irá ajudar a impulsionar ainda mais o turismo na cidade e, principalmente, no balneário. “A revitalização da Costa Azul será mais um importante instrumento turístico para o município, em especial para o balneário de Iriri”, disse.

O prefeito lembrou ainda que a reurbanização das orlas no município impediram que os quiosques fossem derrubados, conforme decisão judicial julgada e transitada em 2016. “Com apoio do governo estadual estamos conseguindo executar duas orlas (Iriri e Castelhanos), e com recursos próprios a orla da Praia Central. Essas obras representam importantes instrumentos de fomento ao turismo, atraindo mais visitantes e fomentando a economia local e ainda impediram que os quiosques do município fossem derrubados”, explicou.

Sobre a obra na Ponta dos Castelhanos
O antigo muro de contenção que margeia o trecho da Avenida José Carone, localizado no bairro Ponta dos Castelhanos, foi destruído pelo avanço do mar em setembro de 2015. Desde então, a região vem sofrendo erosão e a situação ficou cada vez mais crítica, a ponto da prefeitura decretar situação de emergência em agosto de 2017.

Foram tomadas medidas de caráter paliativo, como a interdição do tráfego de veículos no trecho em questão e a colocação de pedras, para amenizar o problema, mas os moradores ainda ficavam apreensivos, principalmente em tempos de ressaca de marés. A obra soluciona este problema. Ao todo, foram construídos 2.880 metros quadrados de pavimentação com blocos de concreto, 480 metros de meio-fio e 480 metros de muro de concreto.

Ordem de Serviço
A Praia de Costa Azul, em Iriri, conta com grande número de edificações e comércios locais que contribuem para o desenvolvimento da região.  O projeto do Estado prevê a revitalização urbana do espaço, com drenagem e nova pavimentação das ruas das extremidades norte e sul. O investimento previsto para a obra é de R$ 3.225.461,19.

Também está prevista a implantação de módulos de novos quiosques e locais para venda de água de coco, banheiros públicos, área para descanso e contemplação,  iluminação com lâmpadas de LED, paisagismo, instalação de lixeiras, bicicletários e novas construções de muros de arrimo para rampas e escadas de acesso à praia, respeitando as normas de acessibilidade. As castanheiras da orla serão mantidas.

A obra terá 360 dias para concluir o serviço. 

Reurbanização de orlas em Anchieta impediu demolição de quiosques
A reurbanização dessa orla, como a que está ocorrendo em Castelhanos, impediu que todos os quiosques fossem demolidos, conforme determinação da Justiça Federal desde 2016. (veja cronologia do processo abaixo).

Já em Castelhanos, a obra foi iniciada garantindo a pavimentação da avenida Beira Mar e construção do calçadão e ciclovia.

 *Cronologia – Entenda o processo e as ações tomadas para impedir a demolições de todos os quiosques das orlas de Anchieta:*

2006 – O Ministério Público Federal (MPF) informou da decisão sobre a obrigação do município de Anchieta demolir todos os quiosques das orlas, considerando irregularidades ambientais da construção e localização.

2016 – A decisão foi transitada e julgada, determinando que todos os quiosques das praias de Anchieta fossem demolidos, imediatamente. O MPF encaminhou a decisão e a determinação para a Prefeitura de Anchieta.

2017 – Mas somente em 2017 que a prefeitura se manifestou. Na ocasião o prefeito Fabrício Petri reuniu sua equipe e foi em busca de uma solução para não prejudicar os quiosqueiros.

A equipe elaborou um plano de ação, onde serão revitalizadas as orlas com retirada dos quiosques e construção de novos de forma gradual.

2018 – O plano foi aceito pelo MPF. Desde então a prefeitura iniciou o processo para captação de recursos para a execução do plano. Com apoio do governo do Estado conseguiu a revitalização da orla da Praia de Castelhanos. A obra deve finalizar em agosto deste ano.

2019 – Com recursos próprios, no final do ano passado, a prefeitura iniciou a revitalização da orla da praia central. A obra está em andamento e inclui a reconstrução de mais de um quilômetro do calçadão, instalação de academia, chuveiros, arquibancadas, bancos e melhorias no acesso em um trecho de 300 metros da orla.

2020 – Também este ano foi iniciada a construção do muro de contenção do trecho que compreende a Vila Samarco, que será igual ao executado na Ponta dos Castelhanos em 2019. Dessa forma, toda extensão da orla da Praia Central receberá melhorias.

Para o balneário de Ubu a prefeitura está finalizando o projeto de revitalização da orla. Em breve será apresentado aos moradores para, após, captar recursos e executar a obra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*