Abrigo para pessoas em situação de rua com sintomas gripais e Covid-19 na Serra

today14 de janeiro de 2022
remove_red_eye158

A Prefeitura da Serra vai ampliar a rede de acolhimento para pessoas em situação de rua com a implementação de um abrigo emergencial exclusivo para pessoas com sintomas gripais, suspeita de Influenza ou Covid-19. É o Projeto Acolher.

O novo Acolhimento Institucional Emergencial para a População em Situação de Rua, fica localizado em Jacaraípe e começou a funcionar nesta quinta-feira (13). O objetivo é assegurar o isolamento das pessoas sintomáticas em um local seguro, garantindo que outras pessoas em situação de rua não sejam contaminadas com o vírus. 

O prefeito da Serra, Sérgio Vidigal, destacou a importância da parceria com o Terceiro Setor para a execução do serviço.

“O setor público é cercado de burocracias e, por isso, a importância de firmar parcerias com o Terceiro Setor para ter condições de oferecer um serviço como este. A vida não espera. Temos que ter um olhar voltado para a vida humana”, ressaltou.

A secretária de Assistência Social da Serra, Cláudia Silva, comentou sobre a necessidade de oferecer o abrigo. 

“Um dos propósitos de estarmos aqui é o cuidado com o ser humano. Principalmente neste período de pandemia, precisamos dar essa atenção especial à população em situação de rua. Essas pessoas necessitam de proteção social, é nosso dever garantir dignidade a elas através dos nossos serviços socioassistenciais”, afirmou Cláudia.

O abrigo conta com espaço de isolamento social para até 15 pessoas, que terão acesso a dormitórios, banheiros, quatro refeições diárias, kits de higiene pessoal e serviços de lavanderia.

“Hoje nós temos 15 vagas no abrigo para o isolamento entre sete e 15 dias, mas já estamos trabalhando para a ampliação delas. Estaremos preparados para receber as pessoas, de acordo com a evolução ou não da demanda”, afirmou.

Para ter acesso ao acolhimento, as pessoas em situação de rua deverão ser encaminhadas pelos Abrigos de Acolhimentos desta população existentes no município, Centro Pop, Serviço Especializado em Abordagem Social, pelas Unidades de Pronto-Atendimento (UPAs) e Unidades Básicas de Saúde, que deverão acionar a equipe da Abordagem Social para avaliação do encaminhamento.

Durante a identificação de algum caso suspeito, automaticamente será realizada uma pesquisa de onde a pessoa em situação de rua dorme e circula, para identificar contatos e possíveis novos suspeitos. 

A equipe de Abordagem Social realiza buscas todos os dias para identificar pessoas ou famílias em situação de rua e oferecer acolhimento na rede socioassistencial, para acionar é necessário entrar em contato através do número (27) 3138-8648 ou (27) 9 9517-7869. Importante lembrar que as pessoas em situação de rua são livres para aceitar ou não o acolhimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*