Bandes apoia o turismo com recursos para empreendedores

today27 de setembro de 2019
remove_red_eye732

A estruturação de pequenos e médios negócios integrados a destinos turísticos, com seus atrativos ambientais e histórico-culturais, são os principais indutores de fluxos do setor, um dos mais promissores para o Estado. Com destinos e programações variadas, os empreendedores capixabas têm buscado investir em infraestrutura por meio do Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes).

O Turismo é um importante transformador de economias e sociedades, gera oportunidades de emprego e de renda. Por isso, o Dia Mundial do Turismo, estabelecido pela Organização Mundial do Turismo (OMT), é comemorado nesta sexta-feira (27).

Por meio de linhas de crédito do Bandes, empreendedores capixabas têm à disposição recursos necessários para implantação e modernização de negócios, como, por exemplo, nos segmentos de hospedagem, gastronomia e diferentes atividades de lazer, como passeios com foco no ecoturismo ou no turismo histórico-cultural.

Outro fator que fortalece a procura de crédito junto ao Bandes são os empreendimentos planejados para funcionar articulados junto aos circuitos turísticos capixabas. A vantagem deste nicho de atuação está no planejamento integral do negócio que envolve mais do que um município baseado em uma parceria local para explorar de forma mais eficiente o conjunto patrimonial regional.

Recursos atendem negócios de diferentes modalidades de turismo
O empreendedor capixaba que deseja investir na infraestrutura turística para atender as diferentes vertentes do segmento turístico tem apoio no Bandes. Os recursos são fruto do Fundo Geral do Turismo (Fungetur), do Ministério do Turismo, que tem o Bandes como instituição repassadora exclusiva no Estado.

Os financiamentos apresentam taxas de juros acessíveis, prazos longos e apoiam a implantação, a ampliação, a modernização ou a reforma de empreendimentos, além da compra de máquinas e de equipamentos. Com o Fundo, os negócios voltados ao segmento, especialmente bares, lanchonetes, cafés e empresas do ramo de hospedagem, têm mais opções para financiamentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*