Grupos promovem qualificação para atender os observadores de baleia no Espírito Santo

today14 de junho de 2019
remove_red_eye369

Como parte das ações de fortalecimento da atividade turística de observação de baleias no Espírito Santo, uma capacitação direcionada a guias de turismo, agentes de viagens e mestres de embarcações foi realizada no último final de semana. A atividade é parte de um conjunto de iniciativas relacionadas ao tema definidas por um grupo gestor formado pelo Governo do Estado, Sebrae, Prefeituras de Vitória e Vila Velha, “Instituto O Canal” e “Amigos da Jubarte”.

A capacitação orientou sobre as baleias e os cuidados necessários no setor produtivo da atividade para a segurança de todos os envolvidos. De acordo com o coordenador do projeto Amigos da Jubarte, Sandro Firmino, a atividade faz parte do planejamento de ações do projeto, já que a cada ano aumenta o número de interessados em observar as baleias.

“A espécie encanta naturalmente e a proximidade da costa, que permite a observação, atrai a cada ano mais interessados. Essas capacitações são muito necessárias para o fortalecimento da atividade e preservação do ambiente marinho”, afirma.

O secretário de Turismo, Dorval Uliana, exalta a importância deste ativo turístico para o Espírito Santo. “A Setur apoia esta atividade e já está alinhada aos grupos, que a muito se dedicam a esta atividade, para que cada vez mais pessoas possam vir ao Estado e encontrar aqui a organização necessária de todo receptivo”, diz.

Presença no ES
O Espírito Santo recebe anualmente uma média de 20 mil baleias jubarte, que encontram no litoral capixaba o ambiente ideal para cumprirem seu ciclo de reprodução. Todos os anos, o grupo de baleias, que se alimenta em áreas próximas às ilhas Sandwich e Geórgia do Sul, nos arredores da Antártica, iniciam sua migração.

“Normalmente a temporada das baleias em nosso litoral é de junho a novembro. Este ano em maio já tivemos registros e agora no sábado tivemos a felicidade de ver oito exemplares”, comenta Sandro.

O projeto, além de prever ações de caráter educacional, científico e cultural, aposta em um novo panorama turístico pautado no desenvolvimento sustentável, que fomenta a indústria limpa e serve de vetor para sensibilização ambiental.

Calendário
Em junho acontecem três atividades relacionadas a esse setor no Espírito Santo. O auditório do Sebrae, em Vitória, e Espaço Baleia Jubarte, na Praça do Papa, também em Vitória, recebem, até o dia 15 de junho,  o “Simpósio Latino Americano sobre turismo de observação de baleia: status e perspectiva para a América Latina”.

No dia 23 de junho haverá duas atividades. A partir das 10h, atividade cultural e educativa no Espaço Baleia Jubarte e, entre 18h e 22h, o Festival da Baleia, no Centro de Visitantes do Tamar, em Vitória. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*