Mutirão recolhe 500 quilos de resíduos em Reserva Estadual de Guarapari

today11 de junho de 2019
remove_red_eye51

A Reserva Estadual de Desenvolvimento Sustentável (RDS) Concha D’Ostra ganhou um mutirão de limpeza no domingo (9). A somatória de esforços entre o Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Iema), a ONG Gaya Religare e a Prefeitura de Guarapari conseguiu unir mais de 150 pessoas e resultou em 500 quilos de resíduos coletados.

Um dos objetivos do mutirão foi sensibilizar os moradores locais quanto à importância da organização e da mobilização comunitária para o encaminhamento das questões coletivas.

“Realizamos esse mutirão desde 2012 e isso foi resultado de uma reflexão baseada na conjuntura e contextos locais. É um processo desencadeador de reflexão sobre a realidade social e ambiental à qual a população está submetida”, comentou o gestor da RDS Concha D’ostra, Georges Mitrogiannis Costa.

Mudança de hábitos
Segundo Costa, as atividades organizadas por grupos, ou seja, os processos participatórios, contribuem para o fortalecimento da autorresponsabilidade, influindo de maneira direta no cotidiano das pessoas, além de contribuírem para a mudança de hábitos e processos reflexivos sobre como preservar o meio ambiente.

Foram disponibilizadas aos participantes três escunas para deslocamento até a Prainha de Olaria. Eles também receberam água e frutas. A saída ocorreu às 8 horas do canal de Guarapari, atrás da sede administrativa da Unidade de Conservação.

Além da coleta de resíduos, Costa também destacou a educação ambiental. “A maioria dos participantes é formada por crianças e adolescentes que, muitas vezes, só veem o mangue do fundo de suas casas. Esse evento transforma o mangue em protagonista, pois os participantes vão até o local de coleta, de escuna, com oportunidade de vivenciar o ecossistema”, disse.

Também participaram do evento o Grupo Desbravadores da Igreja Adventista, um grupo do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes), Instituto Orca, Lions Clube de Guarapari.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*