Serra tem serviço gratuito de recolhimento de animais vivos de grande porte

today2 de agosto de 2022
remove_red_eye139

Um serviço gratuito que garante a segurança de animais de grande porte, como bovinos e equinos, funciona de forma gratuita na Serra. É o Recolhimento de Animais Vivos de Grande Porte. 

Esses animais, quando soltos ou abandonados nas vias públicas podem causar acidentes automobilísticos, dentre outros transtornos. Na Serra, o recolhimento e a guarda de equinos e bovinos nessas condições são responsabilidade da Secretaria de Serviços. 

Regiões com mais casos
De acordo com o secretário de Serviços da Serra, Enio Bergoli, alguns locais têm maior número de casos de animais de grande porte soltos ou abandonados. “A região de maior incidência é a região de Nova Almeida, seguida por Feu Rosa e adjacências e a Grande Jacaraípe”, explica o secretário. 

Como acionar o recolhimento
Para acionar o serviço de recolhimento de animais vivos de grande porte ou obter informações, basta ligar para para o número (27) 9 9923-4312. O atendimento acontece todos os dias, inclusive aos sábados, domingos e feriados, das 5 às 17 horas. O munícipe deve informar seus dados pessoais e o endereço completo onde o animal se encontra. O recolhimento acontece em até 1 hora. 

Já o atendimento aos proprietários dos animais é de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas. As ligações também podem ser feitas para o telefone (27) 3011-6909. Os animais recolhidos são levados para o rancho da empresa contratada pela Prefeitura da Serra. No local os animais são alimentados e se estiverem doentes recebem cuidados de veterinário e medicação.

Obrigações do proprietário
Para liberação do animal, seu proprietário precisa apresentar a documentação pessoal e pagar a taxa da prefeitura no valor de R$ 109,50. Os proprietários que tiverem mais de um animal capturado deverão pagar as taxas referentes a cada um deles, além dos custos e honorários de um médico veterinário caso o animal esteja doente.

O município fica 12 dias com o animal para reconhecimento. Em casos de surtos ou anemia, por exemplo, os animais ficam interditados pelo IDAF num prazo de 120 dias, seguindo a legislação sanitária. Os animais só são liberados com autorização do IDAF. 

A partir daí, a empresa contratada pela Prefeitura da Serra dá a destinação final entregando para o proprietário ou destinando para doação. Os animais não resgatados são doados se estiverem com saúde. Caso contrário ficam no asilo até a morte com todos cuidados necessários.

Animais na BR 101
Para recolhimento de animais vivos que estejam na BR 101 é necessário acionar a equipe operacional da Eco101 pelo telefone de emergências 0800 77 01 101 para que sejam tomadas as providências necessárias. 

foto Iris Silva da Rocha/Sese-PMS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*